Brasil | Segurança

Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2024

Polícia Militar do RJ prende mais de 180 pessoas nos primeiros dias de Carnaval

Esquema de segurança montado pela Corporação, que está em ação desde a sexta-feira (9), conta com mais de 12.100 militares

A Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro divulgou nesta segunda-feira (12) que realizou, no primeiro final de semana de Carnaval, mais de 183 conduções às delegacias do estado.

Foram presos 160 pessoas maiores de idade e detidos 23 adolescentes. Destas prisões, 21 foram realizadas por mandados de prisão em aberto contra os acusados.

O esquema de segurança montado pela Corporação, que está em ação desde a sexta-feira (9), conta com mais de 12.100 militares. Os agentes estão mobilizados em estradas, nas regiões dos Lagos e Serrana, em diversos pontos da Capital, além do interior do estado.

No sábado (10), em desfile do megabloco mais tradicional da capital, o Cordão da Bola Preta, foram apreendidos 113 objetos que poderiam ser usados no cometimento de crimes contra foliões, segundo a Corporação.

Entre os materiais apreendidos estavam dez facas que foram encontradas nos pontos de revistas montados pelos agentes. Ainda na região do Centro do Rio, os policiais realizaram uma prisão na manhã do domingo (11) através do sistema de reconhecimento facial. O acusado atuava como vendedor ambulante, na Avenida Presidente Vargas, no momento em que foi preso pelos agentes.

Na Zona Sul, policiais militares prenderam um homem acusado de praticar diversos furtos na região. De acordo com o comando da unidade, o acusado teria cometido o furto de uma bicicleta que estava guardada no interior de um condomínio da Avenida Prudente de Morais há dois dias.

Em todo o Estado do Rio a Secretaria de Estado de Polícia Militar também apreendeu 15 armas de fogo, destas três fuzis e 10 simulacros e 1.722 frascos de cheirinho de loló. Os fuzis apreendidos pelos militares são semelhantes aos utilizados em guerras convencionais.

CNN