Notícias da Região | Santa Helena

Terça-feira, 09 de Julho de 2024

Irmãos Maeberg vão a júri popular pelo assassinato de Sidney de Souza em Santa Helena

Nesta terça-feira (09), os irmãos Ezequiel Maeberg, de 31 anos, e Paulo César Maeberg, de 30 anos, enfrentam o tribunal do júri popular em Santa Helena. Eles são acusados de assassinar Sidney de Souza, de 38 anos, em 15 de dezembro de 2022. O homicídio ocorreu na Praça Central de Santa Helena, enquanto Sidney lanchava com familiares. Ele foi surpreendido por dois tiros na cabeça. A família de Sidney reconheceu o atirador, que fugiu imediatamente após o crime.

Sidney de Souza tinha um histórico criminal, com passagens por furto, receptação e porte de arma. Recentemente, havia deixado a prisão e estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. Em 14 de fevereiro de 2023, a Polícia Civil prendeu Ezequiel e Paulo César Maeberg no Bairro Bela Vista, apreendendo armas de fogo e um veículo. Os mandados de prisão foram expedidos pela Comarca de Santa Helena.

O delegado Valmor Treib sugeriu que o assassinato de Sidney foi uma vingança pela morte de Leomar Maeberg, de 33 anos, parente dos acusados, ocorrida em março de 2022. Os irmãos Maeberg também são suspeitos de outro homicídio, ocorrido em 05 de fevereiro de 2023, no Bairro Vila Rica, onde Roberto de Souza, de 41 anos, foi assassinado. Roberto e Sidney eram irmãos, assim como Ezequiel e Paulo César.

No tribunal, a denúncia alega que Ezequiel verificou a presença de Sidney na praça, enquanto Paulo César efetuou os disparos, com Ezequiel facilitando a fuga. A acusação afirma que o crime foi premeditado e cometido de forma a impossibilitar a defesa da vítima. Os réus negam as acusações e optaram por permanecer em silêncio. O julgamento ocorre nesta terça-feira (09) e a decisão do júri popular será crucial para determinar o destino dos irmãos Maeberg.

Clique aqui para participar de um dos nossos grupos no WhatsApp