Esporte | Grêmio

Quarta-feira, 10 de Julho de 2024

Dirigentes do Grêmio respondem cobranças de conselheiros em reunião, mas têm respaldo

A pedido da oposição, boa parte de reunião do Conselho Deliberativo foi dedicada ao futebol. Dirigentes apresentaram projeto de profissionalização e estão respaldados pelo presidente

A habitual reunião do Conselho Deliberativo do Grêmio, realizada nesta segunda-feira, contou com a presença do departamento de futebol, algo incomum na rotina. O motivo: cobranças por esclarecimentos em razão dos resultados recentes. O encontro teve a presença do vice de futebol Antônio Brum e do diretor executivo Luis Vagner Vivian, que estão respaldados nos cargos. O presidente Alberto Guerra também esteve presente, mas é figura mais comum nas reuniões.

O encontro começou com a apresentação das finanças no primeiro trimestre do ano, depois foi abordado as consequências das enchentes e os prejuízos que o clube teve. Por fim, o assunto mais duradouro: a apresentação da metodologia de trabalho do departamento de futebol.

O executivo Luis Vagner fez uma apresentação do planejamento de profissionalização do departamento de futebol e o que foi feito até o momento desde que a chegada ao clube, em janeiro do ano passado. Já o vice-presidente de futebol explicou detalhes da busca por reforços.

No entanto, houve cobrança e questionamentos por parte dos conselheiros. Assuntos como a contratação de JP Galvão, que antecipou a saída, o mando do jogo contra o Botafogo em Cariacica, no Espíritio Santo, e a venda do Cuiabano, entre outros, foram levantados durante a reunião.

As conversas não tiveram tom de hostilidade e discussões fortes. Muitos queriam entender o motivo da equipe viver o mau momento no Brasileirão.

Aliás, o presidente Alberto Guerra foi ao encontro do discurso de Renato Portaluppi nas últimas entrevistas coletivas. O mandatário reforçou a confiança nos dirigentes e na comissão técnica para tirar o Grêmio da zona de rebaixamento.

A reunião do Conselho Deliberativo gremista ocorreu nas dependências da PUCRS, em Porto Alegre. O auditório da Arena ainda não tem condições de receber os encontros e ainda está em reforma após ser atingido pelas enchentes, em maio.

Mais cedo, o presidente Alberto Guerra havia recebido líderes da Geral do Grêmio, principal torcida organizada do clube, também para responder cobranças sobre o momento atual. O Tricolor é o 18º colocado do Brasileirão, com 11 pontos.

G1