Esporte | Futebol internacional

Terça-feira, 15 de Setembro de 2020

Zagueiro acusado de racismo por Neymar já teve desavenças com Messi e Piqué

Protagonista do lamentável episódio no clássico entre PSG e Olympique de Marselha no último domingo, quando foi acusado de racismo por Neymar, o zagueiro Álvaro González é reincidente em discussões ásperas dentro de campo. O espanhol de 30 anos já teve desavenças com dois ex-companheiros do brasileiro no Barcelona: Messi e Piqué.

No dia 13 de janeiro de 2016, quando defendia o Espanyol, González debochou da altura de Messi após fazer falta sobre o camisa 10: "Você é muito baixinho", disse. O craque do Barça retrucou dizendo "você é muito ruim". Neymar estava no banco de reservas na ocasião, e o Barcelona venceu por 2 a 0.

– Eu não lembro exatamente como foi, mas ele me disse "eu sou melhor que você", e eu, bem, eu tento fazer o melhor para que ele não me supere em alguns lances. Tento fazer o melhor nas minhas características e possibilidades. Mas não dá para negar (que Messi seja melhor) – disse o zagueiro após o ocorrido.

Duas temporadas depois, já com a camisa do Villarreal, foi a vez de González discutir feio com Piqué em um jogo contra o Barcelona, no dia 2 de abril de 2019. O atual jogador do Olympique foi expulso após entrada dura em Suárez, bateu boca com o zagueiro rival, que estava no banco de reservas, e teve de ser contido na saída para o vestiário. As equipes empataram por 4 a 4.

Álvaro González foi revelado pelo Racing Santander, e passou por Zaragoza, Espanyol e Villarreal antes de transferir-se para o futebol francês na temporada passada. Ele não possui títulos oficiais e nem jogos pela seleção principal da Espanha em sua carreira.

G1