Internacionais | Calamidade

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021

Vulcão de La Palma destrói 320 construções e 154 hectares de terra

A erupção do vulcão do parque de Cumbre Vieja, na ilha de La Palma, na Espanha, destruiu 320 construções e atingiu 154 hectares de terra, informou, nesta quarta-feira (22) o sistema de monitoramento geoespacial Copernicus. O vídeo acima mostra o caminho da lava do vulcão ( assista).

La Palma é uma das ilhas do arquipélago espanhol Ilhas Canárias. Na última contagem, o de número de edificações destruídas era 158 e 103 hectares destruídos. Uma das imagens mais impressionantes foi a da lava na piscina de uma das casas (veja abaixo).

Erupção começou no domingo

O vulcão entrou em erupção no domingo (19). Inicialmente, houve uma nuvem de fumaça e cinzas a partir do parque nacional Cumbre Vieja, no sul da ilha. Depois disso, a lava começou a descer.

Antes da erupção, os cientistas registraram uma série de terremotos de magnitude 3,8 no parque nacional, de acordo com o Instituto Geográfico Nacional Espanhol (ING).

Mais destruição nas próximas horas

De acordo com as autoridades de La Palma, haverá mais destruição nas próximas horas. A lava está fluindo em direção ao mar. O material deveria ter chegado na costa na segunda-feira (20), mas os rios de lava perderam velocidade.

O encontro pode trazer problemas: podem acontecer explosões, ondas de água fervente e nuvens tóxicas, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS).

“Nas últimas horas, a velocidade diminui muito, agora a lava está se movendo a 300 metros por hora, talvez até menos, porque chegou a uma região muito plana”, disse o porta-voz do Instituto Vulcânico das Canárias, David Calvo.

Agora, a lava está ganhando altura. Há algumas regiões onde a espessura chega a 15 metros. A estimativa é que a erupção pode durar entre 24 e 84 dias. Essa é a primeira erupção desse vulcão desde 1971.

G1