Internacionais | E agora?

Terça-feira, 14 de Setembro de 2021

Talibã confirma que mulheres poderão estudar em universidades, mas separadas dos homens

O Talibã permitirá que as mulheres estudem na universidade, desde que o façam separadamente dos homens, confirmou, neste domingo (12), o ministro do Ensino Superior do novo regime afegão.

"Nossos combatentes assumiram suas responsabilidades" ao reconquistar o poder, disse o ministro Abdul Baqui Haqqani, em um coletiva de imprensa na capital do Afeganistão, Cabul, na qual destacou a importância do sistema universitário.

"A partir de agora, a responsabilidade pela reconstrução do país cabe às universidades. E estamos esperançosos, porque o número de universidades aumentou consideravelmente", em comparação com a época do primeiro regime talibã (1996-2001), disse ele.

G1