Notícias da Região | Santa Helena

Terça-feira, 11 de Junho de 2019

SISMUSA não é contrário à terceirização, mas quer que município comprove necessidade e legalidade. Veja entrevista com presidente

O presidente do Sismusa – Sindicato dos Servidores Municipais de Santa Helena – procurou a redação do Correio do Lago para expor a opinião do sindicato sobre o projeto da municipalidade de extinguir e colocar cargos em extinção, enviado à Câmara de Vereadores de Santa Helena.

Para a Administração, a extinção é necessária para que possam ser contratados novos funcionários através de concurso, como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, professores e outros, já que o orçamento para pagamento de pessoal está comprometido e aumentá-lo infringe a Lei de Responsabilidade Fiscal. Com a extinção, estes serviços podem ser terceirizados.

O presidente do Sismusa, Neverton Neiss, o Maninho, destacou que o sindicato não é contrário à terceirização dos serviços, mas questiona a legitimidade do serviço público executado por empresa terceirizada, utilizando veículos e maquinários do município.

Outro problema enfrentado pela Administração é o pagamento de horas extras, por já estar com falta de pessoal para cargos como motoristas. O artigo 69 do estatuto do servidor municipal prevê que o serviço público extraordinário (as horas extras) devem ser feitos em situações excepcionais e devem ser de caráter emergencial e temporário e alguns funcionários têm recebido entre 40 e 60 horas extras todos os meses, com salários chegando à nove mil reais mensais, mas tem feito muito mais horas extras. Maninho, frisa que o sindicato é contrário à jornada excessiva de horas extras e afirma que a prefeitura limita o pagamento, mas não controla as horas excedentes “É prejudicial, é risco. A responsabilidade de gerir, de regulamentar, é da Administração”. Contratações por PSS também não poderiam mais ser realizadas.

Em nome do sindicato, Maninho sugere que os 30% de cargos comissionados sejam ocupados por funcionários concursados e que a Administração faça concurso público para se adequar.

Veja entrevista no vídeo acima.

Clique aqui para conferir a nota pública emitida pelo Sismusa

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

eu - 13.06.2019 - 14:201
vcs do portal tranparencia e vc do a fara vai acaba aposto que vcs nunca tiveram a capacidade de passa num concurso publico deve ta esperando a tercerização pra pode ter uma chance de pode trabalha na prefeitura.mas vão ver que ta custando muito dinheiro pra prefeitura .
Portal da transparência - 12.06.2019 - 18:432
Alem dos salário tem hora extra vale alimentação e ainda ganha o dinheiro do café da manhã e do almoço. Tem motorista que ganha mais de 800 só de almoço que a prefeitura paga! Por que não usam o vale alimentação que já é bem alto? Abre o olho pooooovo.
Homem Mosca - 12.06.2019 - 17:113
Resposta ao Jkse: Você está coberto de razão, amigo. Não são só as horas extras que prejudicam os cofres públicos, mas também algumas gratificações. Você sabia q grande parte dos funcionários da saúde recebem INDEVIDAMENTE gratificação de insalubridade? E detalhe, recebem ERRONEAMENTE, com um percentual (que já está equivocado ou NEM deveria se aplicar) calculado sobre o vencimento base e não sobre o salário mínimo vigente, o que difere da lei. Só aí são milhares de reais que poderiam estar sendo investidos em coisas importantes para a população em geral mas estão servindo para enriquecer uma minoria que pouco trabalha e pouco merece. Por que não valorizar aquele servidor que faz jus? Que se dedica a servir de fato, como o próprio nome orienta. Acredite, ainda temos pessoas assim. Pra quem se interessar, pesquisem sobre a NR 15 (Norma Regulamentadora - Atividades Insalubres)
Marcos - 12.06.2019 - 15:064
Querem ser corretos e fazer a coisa certa tambem deveriam rever as gratificações tem muita gente recebendo que nao fazem por merecer
A hora é agora - 12.06.2019 - 08:555
Resposta ao jorandir!!!!! Com todo o respeito a vc mas como vc diz que os motoristas de she ganham bem em relação a os outros municípios, se vc for pesquisar todos os cargos públicos do município de Santa Helena ganham a mais que os outros municípios incluindo até mesmo o do prefeito municipal não julgue só os motoristas e operadores, olhe bem todos os cargos e procure se informar nomeados com altos salários, administrativo com altos salários e gratificações que chegam a 75% e até onde se sabe a lei e até 50% e as licenças premias que uma servidora chegou a ganhar 53000 reais de uma única vez qual seria o enteresse público nisso, agora lhe pergunto o problema do município será que é só os motoristas e operadores essa é a pergunta que não quer calar?????
[email protected] - 12.06.2019 - 07:176
Ta mais q na hora de promover um novo concurso publico em todas as areas!!!!! So axo.
Esclarecimentos - 12.06.2019 - 06:597
Quanto a terceirização de veículos tem uma van terceirizada que faz um roteiro fora do município, que vive quebrando e depois a frota do município tem que ir socorrer pois os pacientes não tem culpa sem contar que essa van custa em torno de 16000 mil reais mês para o município e o município tem uma van nova que está parada na garagem, e quantas vezes essa van faz viagens particulares no final de semana e chega na segunda ela não vai pois estragou aí os pacientes chegam atrasados nas consultas ou exames, mas nada acontece por que essa empresa e de um ex funcionário público com cupinchas de alguns e não é só dele mas e de um grupinho que tem essa van e mais 4 ônibus essa é a realidade do município
Jorandir - 12.06.2019 - 06:498
Com todo respeito aos funcionários públicos mais vamos comparar certos salários de motoristas veja o salário dos motoristas de Cascavel e de outras cidades maiores a diferença é muito grande mais veja o exemplo com o salário de um motorista concursado dá pra pagar 3 motorista terceirizado veja bem 3 não 1.
Farmacêutico - 12.06.2019 - 06:089
Gostaria de saber mais explicações do farmacêutico e da super funcionária da vigilância sanitária, o por que eles colocaram o cargo de farmacêutico pra ubs com emprego público será que é medo dele perder a mamata dele e a super funcionária perder o seu fiel escudeiro que só pensa em prejudicar os outros mas os salários desses dois são bem gordinhos!!!!! a e tbem essa super funcionária que participa das elaborações e presta assessoria a controladoria do município se ela é tão importante não seria melhor revogar o decreto dela que assim ela não iria fazer tantas horas extras e daria uma bela de uma economia aos cofres públicos fica a pergunta que não quer calar
Para o basterista - 11.06.2019 - 23:5410
Isso aí Baterista... o pestanudo aquele vereador votou contra a suplementação para pagamento da licença prêmio, mas esqueceu que seu genrinho de foz do Iguaçu, além das diárias, horas extras exorbitantes foi o primeiro a receber a LICENÇA PREMIO. AI SEU PESTANUDO porquen nao VAI PEDIR PARA ELE SE ELE ESTA CONTENTE? SE ESTE VALOR NAO AJUDOU ELE A COBSTRUIR A CASA? CaiU de paraquedas bem Recem faz 5 anos, e o cara que mais tá no ......, os motoristas ESTAO DE saco cheio deste cara que só quer se beneficiar... se faz de coitadinho e sempre e beneficiado....E melhor esse vereador ser mais coerente e conversar com o genrinho antes de falar asneira na Câmara...
Baterista - 11.06.2019 - 22:5311
Falou tudo sr. Endereitando a casa , tem motorista que trabalhou na Apae em 3 anos o cara se fez só em horas extras e o genro do pestanudo veio de Foz e tbem tá no mesmo caminho , parece o Cesar nas gratificação. Vamos cortar e colocar mais pessoas p trabalhar.
Funcionário - 11.06.2019 - 22:2812
E BRINCADEIRA MESMO....TANTA ASNEIRA ESCRITA....E ISSO AI POVO...FOFOCAM...E ISSO QUE ALGUNS DA ADMINISTRAÇÃO QUEREM.....A VERDADE E UMA SÓ.....CINCURSADO TEM SEU LUGAR DE DIREITO...LUTOU POR ISSO....NAO SE ILUDAM COM ESSA HISTÓRIA...TENHAM CERTEZA POPULAÇÃO A TERCEIRIZAÇÃO VAI CUSTAR BEEEMMMM MAIS CARO AO MUNICÍPIO E A GRANA VAI FICAR NA MÃO DE POUCOS....ABREM OS OLHOS FOFIQUEIROS DE PLANTÃO....AS HRS EXTRAS SÃO FEITAS EM FAVOR DE VCS. TAMBÉM......
ENDIREITANDO A CASA - 11.06.2019 - 21:1113
TINHA QUE PEGAR ESSAS HORAS EXTRAS DESSES FUNCIONÁRIOS CONCURSADO E PAGAR PRA TERCEIRIZADO ASSIM... GERAVA MAIS EMPREGO....
Vergonha - 11.06.2019 - 21:0914
Estranho, a alegação desta pessoa, e culpa dos motoristas sim, se não ganhar diária, horas e outros benefícios, estão precionando os chefes e o secretário que não irão fazer a viagem.. E vergonhoso ver essas pessoas ganhando mais que servidores de nível superior. Espero que terceiriza mesmo porque estão só n preocupado com as horas extras.... quantos acidentes aconteceu que os próprios motoristas uma acobertando o outro????falou falou na entrevista mas não justificou nada...pode fazer mais concurso para 40.motorista que todos vão fazer mais de 60 horas...porque o sindicato não defende todos os servidores, está defendendo só os motoristas...mim já sugestão é que o sindicato pare de.defender seu próprio umbigo e.parem de fazer.horas que não são de excepcional interesse público, ficando dormindo no pronto atendimento.e jogando baralho na garagem....
DO LADO DO POVO SANTA HELENENSE - 11.06.2019 - 21:0515
PRIMEIRAMENTE PARABÉNS A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL!!TEM QUE CORTAR A TETA DESSES MOTORISTA! IMAGINA SÓ ESTÃO GANHANDO UM SALARIO QUE NEM PROFESSORES ESTÃO GANHANDO..
estamos de olho - 11.06.2019 - 20:5616
Aos que ficam falando das altas horas extras, dos motorista da saúde, somente está falando porque nunca saiu as 4 horas da manhã, para ir a algum hospital ou clínica ou acompanhou algum familiar doente. enquanto a maioria da população está num bom sono, esses motoristas estão atendendo a população santaelenense.
Tira as horas entao - 11.06.2019 - 20:5417
Piada mesmo é ter que ler que não concorda com as horas extras realizadas pelos motoristas. Por favor né. Tirem a hora extra deles apenas 1 mes e irao ver barulho por parte deles. Um disputando com o outro, como o proprio Presidente cita. Salários de 9 mil reais. Nada contra, que trabalhem e ganhem o seu. Mas não venham se fazer que não concordam com as horas extras. É o fim mesmo.
Jota quest - 11.06.2019 - 20:4718
Resposta a leitora , vc que vem defender advogado que está querendo por em extinção os cargos para terceirizar poderia pedir a esse nobre advogado já que ele garante que não haverá nenhum ônus aos cargos que estão quere5 por em extinção e como ele dá o parecer dele, poderia por o dele em extinção tbem pra ter mais transparência e segurança aos motoristas e operadores que ninguém iria questionar ele mas em contra partida ele sim faz bastante horas extras. tbem indo a Toledo resolver os problemas das ocips ou empresas terceirizadas que passaram pelo município a quantidade de processos que o município tem pela terceirização de mão de obra gostaria que o correio do lago publicasse esse comentário
Duvido postar - 11.06.2019 - 20:2519
A servidor público não é colocado no cargo por um simples esforço político, ele estudou, dedicou horas e horas em pesquisa e estudos, fez uma prova, e por fim teste prático, ser servidor público, é ter um plano de carreira, conquistado por cursos faculdades e pós graduação, a questão de salário, são méritos do tempo de serviço, dedicado ao município de Santa Helena, e não a grupo político A , B ou talvez o C, o servidor trabalha para o povo, digno de uma responsabilidade com o cidadão, tem laranja podre? Pode ser q tenha, mas aí cabe a chefia pontuar, notificar, advertir, enfim, o chefe deve se saber oq fazer, horas extras são feitas, comprovadas, esse povo aí acorda cedo, até q muitos estão num sono maravilhoso, muitos deles já estão a 4, 5, ou até 6 horas na luta, para melhor atender o povo, somente quem acompanha a trabalho de muitos q aí estão por serem EXTINTOS sabe como é a vida dele, sai se casa, deixar seus lares, para atender um doente, um idoso, muitas vezes o servidor trabalha o dia todo, quando chega em casa, ligo mais o chefe liga, preciso q vc vai a Curitiba, tem central de leitos acionada, hospital "x" aceitou o paciente TAL e precisa está lá até às 8:00 da manhã, e daí, como não gerar horas, como não gerar diária? Experimente conviver um pouco no dia a dia com essas pessoas, já alguns laranjas podres, que trabalham no administrativo, tem horas extras sem anexo, se bobear até dia de Natal tem gente trabalhando no paço municipal, estranho não, aí agora querem. Todo custo prejudicar uma classe q todo dia está com o povo, abre o olho prefeito, estão fazendo um 3 canto com vc.
leitora - 11.06.2019 - 20:2320
Olhando alguns comentários abaixo, vejo a indignação de algumas pessoas com relação ao salário dos "advogados" que estão recebendo "exorbitantes" horas extras... vocês acham "exorbitantes" mesmo? Pois eu não acho, inclusive acho que é "pouco" pelo tanto de trabalho e "pepinos" que os mesmos tem para resolver, quem sabe o dia a dia deles entende o que se passa lá dentro, inclusive entende-se também que faltam horas no dia dos mesmos para suprir a demanda do seu trabalho... ou acham que é fácil ter que auxiliar todas as secretarias? acham que é fácil assessorar o prefeito? acham fácil criar/complementar leis? se realmente acham fácil essa atribuição estudem e passem em um concurso como este, pois não é fácil você ter que ter conhecimento de "tudo" que funciona dentro de uma prefeitura e até mesmo sobre pregões (processos licitatórios) sobre algo que você nem nunca ouviu falar, mas mesmo assim você pesquisa e precisa se inteirar sobre o assunto pra poder ajudar "construir" todo um processo, sem contar as respostas ao ministério público, e as audiências que os mesmos tem que comparecer, por fim eu lhe pergunto, é exorbitante mesmo o salário deles? ... agora funcionários que não trabalham e ficam de "trololó" por ai, esses sim não merecem receber 0,01 centavo de hora extra!
Valmir - 11.06.2019 - 20:1921
Nas palavras de HELLY LOPES MEIRELLES, “pelo concurso afastam-se, pois, os ineptos e os apaniguados que costumam abarrotar as repartições, num espetáculo degradante de protecionismo e falta de escrúpulos de políticos que se alçam e se matem no poder leiloando cargos e empregos públicos.” (Direito Administrativo Brasileiro. 36. ed. Malheiros: São Paulo, 2010, p. 462.) COUTINHO, Alessandro Dantas. O concurso Público no Ordenamento Jurídico. GENJURÍDIC.COM.BR, 08/12/2015. Disponível em: : http://genjuridico.com.br/2015/12/08/o-concurso-publico-no-ordenamento-juridico/#_ftn1 31/05/2019.
estamos de olho - 11.06.2019 - 20:1122
Ao senhor "alguma coisa errada não está certa", este cidadão bem informado cheio de mostrar as leis, etc., poderia vir neste espaço e colocar o valor que cada um desses 300 funcionários terceiriZADOS custam aos cofres do nosso município ou seja quanto a empresa terceirizadas leva dos cofres públicos sobre cada um desses funcionários.
Steve Rosquinha - 11.06.2019 - 19:5923
AAAAAAAAAAaaaaaaaaahhhhhh!.Foda.O correio do lago deveria criar um botão de like e deslike nos comentarios!.ESSA INDIRETA É PRA VOCÊ MESMO QUE NÃO TEM VERGONHA DE FICAR EM CASA RECEBENDO SALARIO DE CARGO PUBLICO E NÃO IR TRABALHA.ESTÁ INDGNADO FAZ UM VIDEO.PORRA,OU VAI TRABALHA CARALHO.BEBIDA DESTILADA E CARBURASÃO DE TABACO COM MELAÇO E FRUTAS AROMATIZADAS NÃO TE DÁH MORAL NENHUMAL.VAI SONHANDO EM SER VEREADOR,SÓ VAI!.AQUI NÃO CHEGA DE FULERAGE!!!.Antes de mais nada meu sincero a apoio aos trabalhadores de bem que vencen com dignidade!.E acaban pagando por erro dos outros.#FORÇA
EDSON - 11.06.2019 - 19:2424
Se houvesse alguma ilegalidade Sanepar nao teria terceirizado seus motoristas.
ALGUMA COISA ERRADA NÃO ESTÁ CERTA - 11.06.2019 - 18:5725
A nota pública, falta com a verdade. Principalmente em relação ao cargo de Educadora Infantil, é completamente equivocada, e, chega a ser um desrespeito para com a categoria de mulheres guerreiras e merecedoras de todas as conquistas que tiveram nos últimos tempos. O cargo de Educadora Infantil, é o antigo cargo de Atendente de Creche, criado, na década de 1990, exigindo dos candidatos ao cargo a formação até 8ª série, e que por força da LDB, que passou a exigir o magistério para trabalhar na área, não pode ser mais objeto de concurso público. Com isso, mais tarde, foi criado o cargo de Professor de educação infantil. Embora todas as servidoras lotadas no cargo estudaram e se qualificaram, não havia legalidade para transpô-las ao quadro próprio do magistério, me parece que até o próprio TCE foi consultado e negou. A Lei 1.760/2008 o artigo 43 da Lei transformou o cargo de Atendente de Creche em Educadora Infantil. No ano de 2015 o Município então editou a Lei Municipal 2.384/2015 de Abril de 2015, onde declarou em extinção diversos cargos incluindo o de EDUCADORA INFANTIL, pois o Município não iria mais fazer concurso para estes cargos. Porém, no caso especifico o das Educadoras Infantis, dada as semelhanças das funções, foi possível readequar o piso de vencimentos destas servidores para um valor muito próximo ao cargo de Professor de Educação Infantil FAZENDO-SE JUSTIÇA. Isto apenas foi possível pelo cargo já estar em extinção, pois caso não estivesse, ao realizar o estudo de impacto financeiro para o aumento dos vencimentos, seria necessário levar em consideração os hipotéticos futuros concursados para o cargo, o que inviabilizaria o aumento. Porém como não será mais realizado o concurso, o valor dispendido com o aumento cessará com a aposentadoria destas servidoras, que em muitos casos já está próximo de ocorrer, quando passarão a ser pagas pelo INSS. VEJA QUE FOI JUSTAMENTE O FATO DE TER COLOCADO EM EXTINÇÃO QUE BENEFICIOU AS SERVIDORAS E NÃO AO CONTRÁRIO COMO QUER FAZER CRER A NOTA. Infelizmente é dessa maneira que esta sendo conduzido este debate, todo mundo pensando no seu umbigo, observem que nenhum dos servidores providos em cargo que foram colocados em extinção sofreram qualquer redução de vencimentos ou perca de benefícios, basta verificar no portal transparência. E por fim, foi graças a declaração em extinção dos cargos de zelador, carpinteiro, vigia, entre outros, que, foi possível terceirizar diversos serviços, onde a empresa vencedora contratou mais de 300 trabalhadores, gerando emprego e renda no Município, isto tudo sem prejudicar nenhum servidor. E não venham dizer que é dinheiro jogado fora pois é investimento, são salários que giram no comércio local. E para pagar a prestação de serviço terceirizada é possível usar o dinheiro dos royalties mas para pagar concursados não, basta olhar na Lei dos Royalties, é muito simples. O PROBLEMA É QUE EM TERRA DE CEGO, QUEM TEM UM OLHO ACABA VIRANDO REI.
CELI - 11.06.2019 - 18:4226
Engraçado que o SISMUSA em outras épocas quando foi extinto vários cargos nem sequer se manifestou.
LULA - 11.06.2019 - 18:4127
Legislando em causa propria companheiro Maninho.
Tom - 11.06.2019 - 18:3928
Acho que ficou bem explícito que relacionado a horas extras, quem deve manter o controle e a administração, além do que se alguém achar que existe irregularidades pode questionar a qualquer momento, por isso existe o chamado portal da transparência, ocorre que o caso não é esse, além do que quem está extrapolando em hrs extras sem explicações sâo justamente cargos que defendem extinção de servidores!!
motora - 11.06.2019 - 18:3529
não é culpa das hora extras que o município está assim...tem comissionado recebendo 5.700 reais limpos...pra fazer politicagem o dia inteiro ..e quando fica com sede vai a um bar tomar uma gelada na hora do seu expediente ..e o advogado do municipio recebendo 63 horas extras...todos estão recebendo...e os motoras tem com justificar essas horas extras ...porque trabalharam pelo povo......e os outros tem...como justificar...coloca esse comentário correio...seja parcial...pra população saber a notícia no ponto de vista dos outros ...não só pra quem interessa....
Jkse - 11.06.2019 - 18:2830
Resposta ao homem mosca!!!!! Se o homem mosca ou o homem sombra fizer um estudo sobre o impacto das horas extras, aproveite tbem e faz um estudo sobre as gratificações que existem dentro do administrativo da prefeitura e aproveite e faz o estudo sobre as horas extras que acontece nos setores administrativos da prefeitura ou pessoas que tem decreto cedido de 20 horas semanais para outras instituições e está fazendo todo mês 40 horas extras mensais no setor que ela trabalha então essa pessoa põe em risco tbem o trabalho pois ela é da vigilância sanitária
Servidor - 11.06.2019 - 18:2331
Pessoal! Não sejam ingênuos. Extinguindo o cargo não é prerrogativa de mandar ninguém embora. Eles são concursados. Não serão mandados embora. Qualquer motorista que realizar qualquer viagem que seja estará gerando horas extras, pois toda viagem excede a jornada de 08 horas diárias. Se ele ganha um salário alto fez por merecer. Estudou, se profissionalizou, fez cursos e capacitações. Oque está em questão é fato de não haver mais concurso, ou seja, você que está estudando e pretende realizar um concurso público, esqueça!!! Tão logo aprovem esta lei, os próximos cargos, sejam lá quais forem, também estarão em risco. Até o teu "Farmacêuticozinho".
Michelson Urticaria da Silva - 11.06.2019 - 18:2332
Olha infelizmente a verdade é que muitas pessoas boas vão acabar pagando pelos ruins,por estes ratos que vivem roendo o dinheiro publico.Que não trabalha ganhan rios de dinheiro,muitas vezes sem se quer sair de casa,e eu não estou só falando da galera motora não.Muito delicado está situação.Mas sou a favor da tercerização SIM!.Pelos ruins que mecerem ser cobrados pelo trabalho não executado.Faz mais live que táh pouco.Santa helena virou um lugar para fara com dinheiro publico.Ano que vem quero ver.Os mesmo que reclamavan das tetas na outra gestão,são os mesmo que vivem dela hoje!.
Funcionario - 11.06.2019 - 18:1033
Respondendo Ao senhor que trabalhar que é bom nada!!!! só pra lhe esclarecer acredito que vc não olhou bem o portal da transparência onde tem a função de motorista ou o senhor está confundindo os motoristas com o funcionário do esporte que é cargo administrativo e que está fazendo horas extras dirigindo veículos fora do seu horário normal, esse sim está com um salário de mais de 11000 e fazendo horas extras conduzindo veículo do município, tbem tem uma pessoa na vigilância sanitária que está com o salário de 13000 reais e esse mês que passou só ela fez 3000 reais horas extras além do advogado do município que é concursado pra jornada de 20 horas semanais e está fazendo todo mês 40 horas extras isso é só algumas pessoas vamos ver se o jornal correio do lago vai publicar meu comentário
Pensador - 11.06.2019 - 18:0234
Parabéns para a administração pelo concurso público para profissionais na saúde e educação e pelas direção das ações que estão resultando em melhorias aos funcionários e população. Em especial quero parabenizar o Prefeito Zado por ser muito HUMANO com os funcionários públicos.
Funcionário Publico - 11.06.2019 - 17:5735
O Sindicato poderia ter uma visão mais ampla e defender à classe dos servidores no geral. Infelizmente estão defendendo os interesses de poucos. Quanto à atual administração somente tenho à agradecer pela valorização ao servidor.
Trabalhar que é bom nada - 11.06.2019 - 17:2336
São é muito cara de pau mesmo defendendo a classe... Se o povo ficar sabendo que tem motorista tirando até R$11.000.00 por mês. Eles não querem que entram mais funcionários para que fiquem ganhando bastânte. Né sr. Maninho , Fábio smoller e advogado v.....vamos ajudar mais munícipes não só uns ganhar bastante.
Hum - 11.06.2019 - 16:3537
Entao quer dizer que alguns podem continuar recebendo toda aquela “bagatela” de horas extras por simplesmente ir bater a digital e nao trabalhar? Ou vai dizer que é mentira que muitos ao inves de trabalhar só batem a digital e esperam a hora passar? Nao concordo com isso, e talvez seja esse o motivo da implicância de não aceitarem esse “acordo”... agora quem realmente trabalha tem que receber horas mesmo...
chico - 11.06.2019 - 16:0238
30 '/, dos cargos comissionados por concursados (ou seja: "eu")
Alceu - 11.06.2019 - 15:5339
isso está me cheirando mais pra uma candidatura pra vereador do que defesa dos sindicalizados
motorista de fnm - 11.06.2019 - 15:3540
HÃMM,.,.,HÉINNNN,.,,QUEM,.,.,ONDE,.,.,COMO,.,,UUUFFFAAAAA,.,.,FINALMENTE "UCORREIODULAGU.COM.BR ESTÁ NOTICIANDO AS VERDADE DO MUNICIPIO", ISTO SIM É COISA QUE TEM QUE MOSTRAR PARA O"ILUDIDO" DO ZÉ POVINHO TENTAR ENTENDER QUE UMA PREFEITURA NÃO VIVE SÓ DE CACIQUES, TEM QUE TER "INDIOS" TAMBÉM E ESTE É VERDADE É BEM POUCO FINALMENTE UMA MATÉRIA QUE MERECE OS PARABÉNS.
VERGONHA - 11.06.2019 - 15:3241
Não vou citar nomes publicamente, mas tem alguns motoristas que são contra a extinção somente pq usam desse artificio para enriquecer nas costas do povo, e não digo apenas do genro do pestanudo
Pedro - 11.06.2019 - 15:1342
piada, eles estão brigando para não perder as preciosas horas extras que ja fazem parte do salário, e a população precisando de emprego, vão trabalhar, e outra necessidade e legalidade precisa comprovar para os tribunais e não para vocês, porque não disse quais serão os prejuizos que voces vão ter? não vão ter nenhum pelo jeito, acho que tinha que terceirizar tudo na saúde também motorista e ambulãncia.
Observador - 11.06.2019 - 15:1043
Estive revirando o portal transparência do município, verifiquei que vários motoristas, inclusive o próprio presidente do sindicato, possuem altos salários, e também horas extras exageradas, sem falar no numero de diárias, creio que a administração precisa sim, terceirizar parte desse serviço para diminuir essa farra de horas, muitas vezes fabricadas......
Homem Mosca - 11.06.2019 - 15:0944
Necessidade? Basta alguém promover um estudo sobre o impacto financeiro de um eventual "cancelamento" das horas-extras que essa galerinha aí recebe que já vai estar justificada a extinção. É esse tipo de comportamento que denigre a imagem do servidor público, essa vontade de "manter a mamata" a qualquer custo. O que está errado tem que ser corrigido e ponto. A grande maioria não pode continuar pagando pra manter o privilégio de uma minoria "bem posicionada". Democracia é isso.
CIDADÃO DE BEM - 11.06.2019 - 15:0845
Complicado, pois alguns motoristas se aproveitam dessas horas extras pra faturar um salário absurdo, pago com o dinheiro do povo, só querem saber de fazer hora extra
A farra vai acabar! - 11.06.2019 - 15:0746
A palhaçada de hora extra e diárias vão acabar, e ainda em uma tentativa desesperada de manipular a população ficam com esse lenga lenga que são uns coitadinhos e estão perdendo direitos!

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.