Esporte | Terreno Preparado

Sábado, 13 de Janeiro de 2018

Reuniões e ligações a presidentes e elenco: Brant age antes de assumir o Vasco

ulio Brant só será presidente do Vasco se for, de fato, empossado na eleição na sede da Lagoa, que ainda precisa ser marcada pelo presidente do Conselho Deliberativo, Luis Fernandes. Enquanto isso, o candidato, que é o favorito porque sua chapa venceu a disputa nas urnas no ano passado (pelo menos por enquanto, sem os votos da urna 7, por decisão judicial), tenta trabalhar nos bastidores: ele tem feito ligações a presidentes de outros clubes e a jogadores, além de se reunir com a base aliada.

As ligações de Brant e seus aliados para jogadores do elenco do Vasco têm como objetivo tentar evitar mais saídas. Até agora, o meia Mateus Vital, o zagueiro Anderson Martins e o lateral-direito Madson deixaram São Januário. Os três eram titulares no elenco comandado pelo técnico Zé Ricardo. Ciente dos atrasos salariais, o candidato tem demonstrado preocupação com o futuro do time.

Brant também tentou entrar em contato com Zé Ricardo, justamente para falar sobre planejamento e a equipe que disputará os campeonatos em 2018. Mas o treinador não pôde atender à ligação.

Ao mesmo tempo, Brant e seus aliados seguem outro caminho para tentar evitar novas saídas. Eles têm procurado dirigentes de outros clubes, em ligações, para falar sobre a situação do Vasco e pedir "calma" em relação a possíveis saídas de jogadores cruz-maltinos. O objetivo é tentar mostrar a situação pela qual passa o clube, para que os demais presidentes "entendam".

- Estamos vendo venda de jogadores. Empresários estão sendo chamados para aumentar o salário dos jogadores da base por valores fora de mercado. Mostra o quão maldosa é a intenção. A preocupação não é pelo Vasco. Mas vamos trabalhar para reverter isso. Qualquer negociação vil, claramente prejudicial, será revertida. Fica o recado para os empresários e os gestores de empresas que fazem negociações com o clube num momento como esse. É até antiético você fazer negociações deste tipo, desta monta, na situação que o clube vive hoje. Qualquer um que tenha ética se negaria a fazer - disse Brant na última sexta-feira (5).

O candidato à presidência do Vasco também têm se reunido com seus aliados com frequência. Nesta sexta-feira (12), inclusive, mais um encontro foi realizado, para decidir peças importantes na diretoria que deve assumir o clube na próxima semana.

Se Brant realmente for declarado presidente do Vasco, Alexandre Campello será o vice de futebol. Outro nome definido é o de Nelson Sendas. Ele, que a princípio seria vice-presidente geral, vai assumir a pasta de marketing.

A eleição

Com a última decisão da Justiça, anulando a urna 7, a chapa "Sempre Vasco Livre" foi vitoriosa na eleição do Vasco. Desta forma, é favorita para escolher o presidente na segunda fase do pleito, que acontece numa reunião do Conselho Deliberativo. Este encontro, porém, ainda não foi marcado - pelo estatuto, precisa ser convocado na primeira semana da segunda quinzena de janeiro.

G1

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.