Esporte | Tudo igual

Segunda-feira, 15 de Abril de 2019

Renato elogia Grêmio e minimiza atrito com Cuesta: "Ninguém é mais homem que ninguém"

O empate em 0 a 0 na primeira final do Gauchão não passou pela arbitragem, mas pelo próprio Grêmio, na avaliação do técnico Renato Gaúcho. Para o treinador, o resultado se deve aos erros do seu time no acabamento das jogadas. O treinador gremista elogiou a atuação do árbitro Leandro Vuaden e ainda minimizou a polêmica com o zagueiro Victor Cuesta.

No fim do primeiro tempo, o técnico se irritou com uma entrada do argentino em Matheus Henrique e deixou a área técnica para cobrar do jogador do Inter. Após reclamações de lado a lado e o auxílio dos assistentes para conter os ânimos, Vuaden assinalou uma falta anterior em D'Alessandro e não puniu ninguém.

Os dirigentes colorados cobraram, após a partida, uma punição ao treinador. Renato, por outro lado, disse que tentou apenas apaziguar a situação e pedir mais cuidado ao defensor rival:

– Não foi essa a intenção (cavar uma expulsão). A malandragem anda comigo. Não sou mais malandro que ninguém, só não sou otário. Malandro que é muito malandro acaba se atrapalhando. Ali, ele foi um pouco agressivo, só disse pra tomar cuidado. Ninguém é mais homem do que ninguém. Faz parte do jogo, ele é um grande zagueiro. Quarta-feira nos encontramos de novo na Arena.

Renato discordou da avaliação do colorados, também, em relação ao desempenho dentro de campo. Para o técnico do Tricolor, as principais chances foram do Grêmio, e seu time só não saiu com a vitória porque não soube arrematar as jogadas com qualidade.

– Faltou um pouquinho de capricho no último passe. Poderíamos ter saído com a vitória. Mas foi um bom Gre-Nal, bem disputado, oportunidades de lado a lado. Final é assim mesmo, principalmente quando tem um Gre-Nal pela frente. Gostei da minha equipe, buscou o gol o tempo todo. Infelizmente estava previsto a parada técnica. Foi no melhor momento da nossa equipe. Mas faz parte. O Vuaden está de parabéns. Arbitragem nota 10 – elogiou.

O principal ponto positivo, para Renato, foi a retomado do estilo de jogo nas últimas três partidas. O treinador exaltou a adaptação dos novos titulares ao esquema proposto há cerca de três anos e disse que não se preocupa com qualquer possível mudança para a partida de quarta-feira

– O Grêmio joga assim em qualquer lugar. Deixou de fazer em dois jogos da Libertadores e pagou por isso. Mas não mudou o esquema de jogo. Mudamos um ou outro jogador. Enfrentamos um grande adversário, tivemos jogadas, só não tivemos capricho para fazer o gol. Tenho certeza que o torcedor vai lotar a Arena e incentivar nosso grupo, e vamos buscar mais um título.

Na quarta-feira, a partir das 21h30, ele poderá repetir esquema e jogadores utilizados, já que não tem ninguém suspenso ou lesionado. O Grêmio precisa de uma vitória simples para conquistar o bicampeonato gaúcho, o segundo título estadual de Renato no comando técnico do Tricolor.

Globo Esporte

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.