Notícias da Região | Acabando com mordomias

Quarta-feira, 15 de Maio de 2019

Proposta de fim da aposentadoria de ex-governadores é aprovada por unanimidade

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou por unanimidade (44 votos), em sessão nesta quarta-feira (15), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que põe fim à aposentadoria vitalícia de ex-governadores. A medida foi apresentada pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior no início do ano e pedia a revogação do parágrafo quinto do artigo 85 da Constituição do Paraná.

Ratinho Junior disse que o fim da aposentadoria para ex-governadores era um compromisso assumido com os paranaenses e que o Estado está dando exemplo para o País. “Temos como meta de gestão acabar com privilégios e mordomias com dinheiro público. O fim das aposentadorias é mais um compromisso que estamos cumprindo”, afirmou.

O texto da Constituição estadual que deixa de existir previa que quem tivesse “exercido o cargo de governador, desde que não tenha sofrido a suspensão dos direitos políticos, terá direito a um subsídio mensal e vitalício igual aos vencimentos do cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná.”

Atualmente, o Paraná gasta cerca de R$ 4 milhões por ano no pagamento do benefício a oito ex-governadores e a três viúvas de ex-governantes. “Os brasileiros mandaram um recado bem claro nas urnas a toda a classe política de que não toleram mais privilégios. Não podemos mais admitir que alguém – independentemente de quem seja – passe apenas seis meses no cargo e leve uma aposentadoria de mais de R$ 30 mil para o resto da vida”, defendeu o deputado Hussein Bakri, líder do governo Ratinho Junior na Assembleia.

AMPLIAÇÃO – Uma emenda ao texto inicial da PEC, assinada por 32 parlamentares, propunha a extinção da aposentadoria também para ex-governadores que já recebem o benefício. A versão mais abrangente, contudo, foi rejeitada em plenário – a proposta não atingiu os 33 votos necessários para ser aprovada (foram 27 os favoráveis).

Com isso, a extinção do benefício valerá apenas daqui para frente. Atualmente recebem a aposentadoria os ex-governadores Beto Richa, Orlando Pessuti, Jaime Lerner, Mário Pereira, Roberto Requião, João Elízio de Ferraz Campos, Emilio Gomes e Paulo Pimentel; além de três viúvas: Arlete Richa, Madalena Mansur e Rosi Gomes da Silva.

Antes de entrar em vigor, a PEC passará por uma 2ª votação no plenário da Assembleia, na semana que vem.

AEN

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Rui da cunha - 16.05.2019 - 11:501
Para os ex governantes não acabou...e sim para os que virão. Requião e outros continuam a receber.
Alceu - 16.05.2019 - 07:392
vcs.acham que o filho do velho deguerra REQUEIJÃO iria votar contra o papai, ele recebe ainda como dep.estadual, deputado federal e como senador, É MOLE ISSO? enquanto alguém que produziu para o País recebe 1 SALÁRIO mínimo.esse é o BRASIL dos PETRALHAS
Nada acabou - 15.05.2019 - 20:403
A reportagem não está completa: prestem atenção todos! Não acabou a aposentadoria para ex-governadores NÃO! É preciso a votação em segundo turno provavelmente dia 28/05 (e até lá, em política, tudo pode mudar, sabemos muito bem!). E o segundo ponto: eram necessários 33 votos para aprovar em primeiro turno também para ter fim a dos ex que já recebem, e o que ocorreu? Somente 27 votaram para acabar, enquanto 9 desses mesmos que votaram para acabar daqui pra frente votaram para as dos ex continuar por toda vida, e mais 6 desses que votaram pelo fim da aposentadoria dos futuros se abstiveram só para não passar a dos ex (ou seja, 15 já se declararam meio contrários, e talvez votaram a favor contrariados). E mais: só 39 votaram e 15 nem sequer compareceram (tem 54 deputados)! Será que no segundo turno esses15 não virão pra ir contra, e só mais 5 desses aí acima viram de lado, e baubau!: ficam todos aposentados!
Marcos - 15.05.2019 - 17:564
Carla, não acabou não, é para os futuros governadores, para os que já recebem não foi aprovado, precisava 33 votos teve apenas 27
paulo - 15.05.2019 - 17:505
entao leia bem a reportagem ,vai acabar a pensao a partir de agora ,quem ja recebe vai continuar recebendo.e os deputados ainda acham q fizeram grande coisa.bando de frouxos,n tiveram coragem de tirar dos q ja estao recebendo,.
Povo - 15.05.2019 - 17:466
Tem q cortar a aposentadoria do bolsolixo 33 mil reais por mês aposentado por problemas mental fora bolsonaros CADÊ O Queiróz
cansei - 15.05.2019 - 16:247
MEU DEUS QUE NOTICIA BOA
HELENO FLORI STREPPEL - 15.05.2019 - 16:208
Boa tarde. CARLA, acaba a aposentadoria somente para os próximos governadores, isto é, a extinção do benefício valerá apenas daqui para frente. Atualmente recebem a aposentadoria os ex-governadores Beto Richa, Orlando Pessuti, Jaime Lerner, Mário Pereira, Roberto Requião, João Elízio de Ferraz Campos, Emilio Gomes e Paulo Pimentel; além de três viúvas: Arlete Richa, Madalena Mansur e Rosi Gomes da Silva.
carla - 15.05.2019 - 15:529
acabou a mamata para o Requião veio de Guerra, quando senador ganhava mais 30mil de senador, ou seja, durante 4 anos 60 mil mensais

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.