Notícias da Região | São Miguel do Iguaçu

Terça-feira, 06 de Abril de 2021

Prefeito de São Miguel do Iguaçu é alvo de novo pedido de cassação de mandato

Um dia após ter pedido de cassação de mandado de prefeito rejeitado pela câmara de São Miguel do Iguaçu, o prefeito Boaventura Manoel João Motta, tem mais dor de cabeça pela frente.

Na manhã desta terça-feira (6) Rogério Luiz Arnold, que foi candidato a prefeito no último pleito, protocolou novo pedido de afastamento do prefeito, cuja matéria terá que ser agendada para votação.

Segundo expõe o documento registrado na câmara às 8h30 desta terça-feira, o prefeito teria cometido infrações político-administrativas ao nomear um secretário que está com os direitos políticos cassados.

No mesmo documento, o impetrante expõe outras situações que envolvem o próprio secretário citado, Volmer Roberto Tschinkel, que segundo o pedido de cassação, teria agido de forma autoritária e descabida ao promover fiscalização em razão da pandemia, na companhia de guardas municipais e outro servidor público não identificado, em sua propriedade particular.

Em anexo, veja a íntegra do pedido protocolado na câmara e também outros documentos citados por Rogério Arnold, conforme declaração feita para a redação do Correio do Lago para falar a respeito do assunto.

A redação do CL também manteve contato com o gabinete do prefeito Motta, pediu para contatar a secretaria de Imprensa. A secretaria de Imprensa não retornou o contato.

Clique aqui para ler o pedido de cassação