Esporte | Tô de olho

Terça-feira, 13 de Agosto de 2019

Odair fica atento a troca de técnicos de rivais e espera mudanças: "Motivação nova"

As mudanças nos comandos de Fortaleza e Cruzeiro repercutiram também no Inter, que terá os dois times como rival nas próximas semanas. Se por um lado o Fortaleza, rival deste sábado pelo Campeonato Brasileiro, perde o treinador que estava há mais de um ano no cargo, por outro o Cruzeiro ganha novo fôlego antes do jogo de volta pelas semifinais da Copa do Brasil.

No último domingo, Rogério Ceni acertou a saída do Fortaleza para assumir o Cruzeiro, no lugar de Mano Menezes. Para o seu lugar, a diretoria tricolor fechou com Zé Ricardo, ex-treinador de Flamengo, Vasco e Botafogo.

E qual será o impacto das mudanças para o Inter? O clube gaúcho entende que a mudança não muda muito para o time cearense, que já tem uma maneira de trabalhar estabelecida, enquanto os mineiros terão mais motivação e conceitos diferentes para tentar reverter a vantagem colorada na Copa do Brasil, no Beira-Rio.

– A situação do Fortaleza está bem definida em termos de ideia de jogo, mesmo que assuma um profissional interinamente, a ideia não vai se desconstituir. O que produziu o Rogério, os comportamentos que o Fortaleza teve. Pode mudar uma coisa ou outra, mas o macro vai se estabelecer neste jogo. Cria dificuldade para todos os adversários que vão lá – disse o técnico Odair Hellmann, após o jogo contra o Corinthians.

– Quanto a ida do Rogério ao Cruzeiro, o conheço bem. Fizemos o curso (da CBF) juntos. Ele tentará fazer o trabalho que fez no Fortaleza. Se vier o Rogério ou se fosse o Mano, a dificuldade seria enorme igual. O que pode mudar, alguma situação tática, como se portava fora, precisaremos observar essas situações para ver qual mudança tática, de comportamento. É uma motivação nova, abre o leque de situações para quem está no grupo, mexe no ambiente – completou o treinador.

Para o confronto contra o Fortaleza, Odair começa a semana de trabalhos na tarde desta terça, após a folga do grupo colorado. A atividade ocorrerá pela parte da tarde, até quinta, quando a delegação viaja a Fortaleza. No sábado o time enfrenta os cearenses às 17h, no Castelão. O Colorado ocupa o oitavo lugar do Brasileirão com 21, enquanto o Tricolor está em 15º com 14.

Globo Esporte