Esporte | Colorado

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

No G-4, Inter emplaca 3ª vitória seguida e já fala em brigar pelo título no returno

Não foi o primeiro turno dos sonhos, mas o Inter tem muito a comemorar no Campeonato Brasileiro. Mesmo envolvido em competições simultâneas, o Colorado conseguiu manter-se no pelotão de cima da tabela e chega à metade do Brasileirão no G-4. Com reservas, o time de Odair Hellmann emplacou a terceira vitória seguida ao fazer 3 a 1 sobre o Atlético-MG neste domingo e já fala em brigar por título no segundo turno.

Após 19 rodadas disputadas, o Inter acumula 33 pontos e está em quarto lugar, a nove pontos do líder, o Flamengo. A campanha é quinta melhor do clube desde 2006, quando o Nacional começou a ser disputado por 20 clubes. A melhor ainda é a do ano passado, já sob o comando de Odair, quando a equipe fechou o primeiro turno com 38 pontos (compare abaixo).

Com uma diferença. Em 2018, o Inter disputava exclusivamente o Brasileirão. Nesta temporada, o Colorado teve que dividir suas forças na Libertadores até o final de agosto, mês em que foi eliminado pelo Flamengo nas quartas de final, e nesta quarta-feira termina a participação na Copa do Brasil, ao decidir o título com o Athletico.

– Nosso objetivo era disputar as três (competições) e estar na parte de cima. Depois da Copa do Brasil teremos o segundo turno só com o Brasileirão. Poderíamos estar melhor, mas não somos perfeitos. Temos conseguido com todas as dificuldades resultados bem positivos – comemora Odair.

A distância para o Flamengo de Jorge Jesus, que soma 42 pontos, é considerável, mas o departamento de futebol se vê vivo na briga pelo Brasileirão. O motivo é simples.

Até aqui, por opção ou obrigação, Odair escalou time misto ou reserva nove vezes no campeonato. Com o fim da Copa do Brasil, poderá se dedicar inteiramente ao nacional e na caça ao líder – o confronto direto será disputado em breve, no dia 25, no Maracanã, na segunda rodada do returno.

– Não tem nada decidido. Temos 33 pontos, o Flamengo tem 42. Temos mais um jogo com o Flamengo e uma possibilidade natural de buscar alguma situação. Quem está à frente então… O campeonato está aberto. O Flamengo tem jogado muito bem e consegue vitórias em sequência, mas pode oscilar. O Santos oscilou, o Palmeiras oscilou. É um campeonato muito difícil. Dependendo de quando você oscila, pode ser ultrapassado e não recuperar – diz o técnico.

GE