Internacionais | Clima Tenso

Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019

Nações europeias criticam lançamento de míssil pela Coreia do Norte

Enviados da França, Alemanha e de mais quatro países divulgaram a declaração nessa terça-feira (8), depois de o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) debater, em reunião a portas fechadas, o lançamento do míssil, que caiu na Zona Econômica Exclusiva do Japão.

O embaixador da França nas Nações Unidas, Nicolas de Riviere, leu a declaração, segundo a qual o teste "se segue a uma série de lançamentos de mísseis balísticos de curto alcance nas últimas semanas". Os enviados reiteram que "condenam essas ações provocativas".

De Riviere disse que esses atos "comprometem a segurança e a estabilidade regional e são uma clara violação às resoluções do Conselho de Segurança da ONU". Ele pediu que sanções internacionais "permaneçam em vigor e sejam cumpridas integralmente", apelando à Coreia do Norte a "participar de boa-fé de negociações significativas com os Estados Unidos (EUA)".

Fontes no conselho dizem que os participantes do encontro se mostraram esperançosos de que a Coreia do Norte e os EUA retomem negociações após a mais recente rodada, realizada no sábado (5).

Agência Brasil