Notícias da Região | Missal

Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019

Menores são apreendidos pela PM após ameaças de morte via WhatsApp em Missal

Na manhã desta quarta-feira (09), a Polícia Militar de Missal recebeu uma denúncia anônima de que um adolescente que teria ameaçado atirar em colegas e em um policial militar, estaria nas proximidades do cemitério da Linha Jacutinga.

De acordo com a PM, a denúncia dava conta de que na noite da terça-feira (08), o menor teria feito ameaças através do aplicativo whatsapp de que atiraria em colegas no colégio e em um policial militar do programa Proerd.

Com a chegada da PM ao local o menor foi localizado na companhia de seu padrasto, que foi informado do ocorrido, e este se comprometeu a colaborar com a equipe policial para que tal fato fosse esclarecido e acompanhou os militares e o adolescente até o Destacamento da PM. Ao ser questionado sobre as ameaças, o aluno disse que teria feito apenas uma brincadeira.

Ainda no desenrolar da ocorrência, os policiais conduziram até o DPM um indivíduo maior de idade, o qual segundo a PM, teria ido até a casa do menor para alertá-lo de que a polícia estava a procura dele e para que escondessem uma suposta arma que poderia estar na casa.

Outro adolescente também foi conduzido ao Destacamento da PM, pois este teria enviado mensagens para outro aluno com os dizeres: "oito e quinze sai dai. Se não tu vai para bala também", e "O policial do proerd ta ai na escola? Kkk. Vai pra bala também". Os celulares de ambos foram apreendidos para averiguação.

Um outro adolescente também foi conduzido para o DPM, pois este teria postado em um grupo de whatsapp supostas ameaças e a imagem de uma policial militar e de uma pedagoga que estavam no colégio na noite do ocorrido.

Diante das circunstâncias, todos os envolvidos foram ouvidos e encaminhados à Delegacia da Polícia Civil para providências cabíveis, acompanhados de uma equipe do Conselho Tutelar.

 Guia Medianeira

COMENTÁRIOS

PATHY - 10.10.2019 - 17:401
Assim o texto fica correto, conforme os fatos realmente aconteceram... Outro adolescente também foi conduzido ao Destacamento da PM, pois este teria RECEBIDO mensagens DO ADOLESCENTE (QUE FOI ENCONTRADO NA COMPANHIA DO PADRASTO) com os dizeres: "oito e quinze sai dai. Se não tu vai para bala também", e "O policial do proerd ta ai na escola? Kkk. Vai pra bala também". Os celulares de ambos foram apreendidos para averiguação. Um outro adolescente também foi conduzido para o DPM, pois este teria postado em um grupo de whatsapp AS supostas ameaças e a imagem de uma policial militar e de uma pedagoga que estavam no colégio na noite do ocorrido.

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.