Notícias da Região | Adulteração

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Homem é preso por adulterar placas de carreta para não pagar pedágio na BR-116

O motorista, um paranaense de 44 anos, confessou que adulterou a placa para não pagar a tarifa

Policiais rodoviários federais lotados na Delegacia de Mafra flagraram na tarde de terça-feira (18), na BR-116 em Rio Negro/PR, uma carreta com as placas adulteradas com fita branca.

No cavalo-trator, o caractere alfabético “I” foi modificado para se parecer com um “L”. Já o caractere numérico “0” virou um “8”. No reboque, a placa também foi adulterada: a letra “J” foi transformada em “U” e o número “3” mudou para “8”. Segundo a concessionária Arteris, o veículo havia se evadido da praça de pedágio sem pagar a tarifa.

O motorista, paranaense de 44 anos, confessou que adulterou a placa para não pagar a tarifa. Ele recebeu multa por conduzir veículo com a placa violada (R$ 293,47), por evadir-se da cobrança pelo uso da rodovia (R$ 195,23).

Os policiais também encontraram na cabine oito comprimidos de "Nobésio" ou “rebite”, anfetamina usada para o motorista dirigir longas horas sem dormir. Além disso, o veículo estava com o licenciamento vencido, mangueiras de freio isoladas e sem aparelho cronotacógrafo.

O motorista foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Rio Negro onde responderá pelo crime de adulteração de sinal identificador de veículo e porte de droga.

Com informações de Polícia Rodoviária Federal

Clique aqui para participar de um dos nossos grupos no WhatsApp