Esporte | Próximo jogo

Segunda-feira, 15 de Abril de 2019

Guerrero lamenta chances perdidas e vê tudo igual para decisão do Gauchão: "50 a 50"

Um jogo equilibrado, com poucas chances de gols. Assim foi o Gre-Nal 419. Grêmio e Inter disputaram o primeiro jogo da final do Gauchão, na tarde deste domingo, no Beira-Rio. O jogo de volta será na Arena, na próxima quarta-feira. E para o centroavante Paolo Guerrero, a decisão do título está “50 a 50”.

O atacante colorado teve poucas chances durante o confronto – na melhor delas, parou no goleiro Paulo Victor, em boa jogada de Patrick. Em campo, travou disputa acirrada com a dupla de zaga gremista, Geromel e Kannemann. Na visão de Guerrero, não há favoritismo para nenhum dos lados.

– Clássico muito pegado. Muita expectativa para ambos os lados. A gente teve chances, acho que poderíamos ter melhor sorte e ter feito ao menos um. Tem outro jogo na quarta e a gente pode ganhar na casa deles. Não existe vantagem. É 50 a 50. Não tem favorito, vantagem, nada. A gente vai se preparar para ganhar lá quarta-feira – analisou Guerrero.

Um dos responsáveis para que não houvesse gol na partida foi Marcelo Lomba. O goleiro salvou o Inter com grandes defesas e promete preparação para uma “grande batalha” no jogo de volta.

– Foi um jogo difícil, as duas equipes tiveram chances. No segundo tempo Inter teve várias chances, mesmo assim o Grêmio também jogou. Um jogo decidido no detalhe, quem fizer gol terá uma grande vantagem, vamos nos preparar para uma grande batalha – declarou o goleiro.

Com o resultado de 0 a 0, o Inter precisa vencer na Arena para ser campeão gaúcho. Caso o jogo termine empatado novamente, a decisão será nos pênaltis. A derradeira partida do Gauchão ocorre às 21h30, na Arena, na próxima quarta-feira.

Globo Esporte

COMPARTILHE

COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

* Ao enviar o comentário você aceita os termos de uso do site.