Notícias da Região | Toledo

Sexta-feira, 31 de Julho de 2020

Entrega de equipamentos amplia leitos de UTI Covid-19 no Bom Jesus

Número salta de 16 para 24 com aquisição, pela Sesa, de 7 respiradores e 8 monitores ao valor aproximado de R$ 500 mil; atendimento começa amanhã (1º/8)

Foi realizada na manhã desta sexta-feira (31) a entrega de sete respiradores e oito monitores à Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná (Hoesp), mantenedora do Hospital Bom Jesus, de Toledo. Os equipamentos, adquiridos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ao valor aproximado de R$ 500 mil, serão utilizados na criação de oito leitos de unidade de tratamento intensivo (UTI) na ala Covid-19, destinada exclusivamente para pacientes suspeita ou confirmados de infectados pelo Sars-Cov-2 (novo coronavírus) que se encontram em estado grave. 

A partir deste sábado (1º/8), o Bom Jesus passa a disponibilizar 24 leitos de UTI específicos para este tipo de atendimento, um aumento de 50% em relação aos 16 que estavam sendo oferecidos. “Trata-se de um importante reforço nesta guerra que estamos travando contra o novo coronavírus. Com os 14 leitos disponibilizados no Hospital Moacir Micheletto, em Assis Chateaubriand, teremos 38 na área da 20ª Regional de Saúde, o que possibilitará um atendimento mais próximo àqueles que necessitem deste serviço”, observa a secretária de Saúde de Toledo, Denise Liell. 

Por falar em Micheleto, mas no filho do ex-deputado federal (in memoriam), o secretário estadual de Administração e Previdência, Marcel Micheletto, esteve no ato de entrega dos respiradores e monitores representando o governador Ratinho Júnior. “Em 90 dias, o Governo do Estado implantou mais de 1.000 leitos de UTI, dobrando a capacidade deste tipo de serviço no Paraná. Esperamos que sejamos os primeiros a superarmos a pandemia e a reerguer a economia. O momento agora, porém, é de agir e de reconhecer merecidamente os profissionais da saúde que estão na linha de frente contra o coronavírus”, pontua. 

Os oito novo leitos de UTI do Bom Jesus ocuparão o lugar de oito leitos de enfermaria que atendiam pacientes de Covid-19 em estado menos grave. “A partir de agora, este tipo de atendimento não será mais feito neste hospital, ficando concentrado no Pronto Atendimento Municipal Doutor Jorge Milton Nunes, o Mini Hospital da Vila Pioneiro”, pontua Denise.  

O prefeito de Toledo, Lucio de Marchi, agradeceu o empenho de todos os envolvidos na aquisição dos equipamentos que resultará na ampliação dos leitos de UTI da ala Covid-19. “Para que a ampliação dos leitos se tornasse realidade foi preciso unir esforços. Vivemos o pior momento da história brasileira, pois lutamos contra um inimigo oculto e precisamos nos preocupar ainda mais com a saúde das pessoas”, comenta.

PNSR