Esporte | Combate

Domingo, 26 de Setembro de 2021

Dana lamenta prisão de Jon Jones em Las Vegas, mas admite: 'É algo que nem me choca mais'

A passagem de Jon Jones por Las Vegas era para ser de festa, mas terminou em prisão do ex-campeão meio-pesado do UFC. No dia seguinte à introdução no Hall da Fama por conta de sua luta com Alexander Gustafsson, em 2013, o lutador americano de 34 anos foi preso acusado de agressão por violência doméstica e por "tampering" com um veículo. Dana White, presidente do UFC, falou sobre o assunto em coletiva horas depois, e, apesar de lamentar o ocorrido, disse não estar surpreso.

- É algo que nem me choca mais. Quando o trazemos para Las Vegas, esse tipo de situação já é quase que esperada. Não dá nem para trazer o Jones para Las Vegas por menos de 12 horas para incluí-lo no Hall da Fama. É um problema, sabe? Esse cara tem muitos demônios, muitos... É difícil trazer esse cara para Las Vegas por qualquer motivo. Essa cidade não é boa para Jon Jones. E aqui estamos nós de novo...

A notícia da prisão de Jon Jones foi dada inicialmente pela "ESPN". O repórter Aaron Bronsteter, da emissora canadense "TSN", publicou nas redes sociais o boletim de ocorrência, que indica violência doméstica em primeiro grau e lesão/tampering com veículo no valor de US$ 5.000 ou mais. Somadas as duas acusações, Jones recebeu uma fiança estimada em US$ 8 mil (cerca de R$ 42,7 mil na cotação desta sexta-feira), com uma audiência marcada para este sábado.

A polícia metropolitana de Las Vegas prendeu Jones às 5h45 de sexta-feira (horário local) num hotel localizado na Las Vegas Strip, região que concentra os principais hotéis e cassinos da cidade.

- Vamos esperar para ver o que vai acontecer legalmente para ele e para onde isso vai - disse Dana.

Jon Jones vive a expectativa de estrear no peso-pesado, mas um imbróglio financeiro com o UFC tem emperrado a definição. Dana White ressaltou que Vegas é sempre um problema para o lutador.

- Mas é algo mesmo chocante depois de tudo? Na verdade, não é, é algo que já não é mais chocante. Já é algo assim: “ih, ele está em Vegas, o que vai acontecer hoje?” Você espera e quer que ele esteja melhor e que não seja mais esse o caso, mas toda vez que ele vem para Las Vegas prova que não consegue lidar com esse lugar.

Globo Esporte