Brasil | Vacina

Quarta-feira, 07 de Abril de 2021

CoronaVac é eficaz contra variante brasileira do coronavírus, aponta estudo feito com mais de 67 mil profissionais de saúde de Manaus

Um estudo feito com mais de 67 mil profissionais de saúde de Manaus aponta que a vacina Coronavac tem 50% de eficácia contra a variante brasileira do coronavírus identificada pela primeira vez em Manaus, a P.1.

De acordo com os dados, a efetividade foi confirmada 14 dias após a primeira dose.

O estudo é realizado pelo grupo Vebra Covid-19, que envolve pesquisadores de instituições nacionais e internacionais e servidores da secretaria de saúde do estado do Amazonas e de São Paulo e da secretária de saúde no município de Manaus e São Paulo.

Variantes no Brasil

A eficácia da Coronavac contra as variantes do coronavírus já era defendida pelo governo paulista desde o início do mês passado.

Em coletiva no dia 3 de março, o governador João Doria e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmaram que um estudo preliminar feito em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) mostrou que o imunizante é eficaz contra as três principais variantes do Sars-Cov-2 que circulam no país.

O governo de São Paulo, no entanto, não apresentou detalhes da pesquisa científica sobre os dados na ocasião.

G1