Notícias da Região | Marechal Cândido Rondon

Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Condutor se nega a usar cinto de segurança, é abordado pela PM e acaba preso por embriaguez e com arma de fogo

No início desta semana, na segunda-feira (18), por volta das 23h30, uma equipe da Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon realizava fiscalizações de trânsito, sendo avistado um veículo Ford/F250, cujo condutor estava sem o cinto de segurança.

Ele foi orientado a colocar o dispositivo de segurança, mas se negou. Foi então solicitado para que ele estacionasse o veículo para fiscalização de trânsito, e na abordagem foi percebido que ele estava com sinais de embriaguez.

O teste de etilômetro teve como resultado 0,91 mg/l, sendo informado o mesmo que seria conduzido à Delegacia de Polícia.

Questionado se teria algum ilícito no veículo, ele informou que tinha revólver e uma airsoft.

Foi então realizada a busca no veículo F-250 e localizado um revólver .22, marca Dobermann, com 1 cápsula deflagrada em seu tambor, na porta do caroneiro outra munição intacta de marca CBC. Foi encontrado também um simulacro de arma de fogo tipo pistola. O revólver .22 não possui numeração, pois a mesma foi suprimida do seu cabo na base da coronha.

Ele foi encaminhado à Delegacia.

Outra situação

Outra situação de embriaguez ao volante foi registrada por volta das 00h30 desta terça-feira (19), quando foi avistado um veículo Fiat Doblo realizando uma manobra brusca ao avistar as viaturas na rua.

O veículo fez uma manobra de retorno e a equipe iniciou acompanhamento e obteve êxito em realizar abordagem do mesmo mais adiante. O motorista relatou que fugiu da viatura pois havia ingerido bebida alcoólica do tipo cerveja.

Ele foi convidado a realizar o teste de etilômetro, tendo como resultado 0,39 mg/l, configurando crime de trânsito. Foi dada voz de prisão ao condutor e este foi encaminhado à Delegacia. O veículo foi liberado para o irmão dele, que também realizou teste de etilômetro, com resultado 0,00 mg/l.

AquiAgora

Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp do Jornal Correio do Lago