Internacionais | Corrida eleitoral

Segunda-feira, 29 de Junho de 2020

Anne Hidalgo é reeleita prefeita de Paris, segundo projeções

A socialista Anne Hidalgo, filha de imigrantes espanhóis, conquistou neste domingo (28) um segundo mandato à frente da prefeitura de Paris, após galgar, passo a passo, a estrutura do partido, apesar de ouvir quando criança que sua origem espanhola a frearia para sempre.

Segundo as primeiras estimativas, Hidalgo venceu o segundo turno das municipais deste domingo com cerca de 50% dos votos, muito à frente da candidata da direita, Rachida Dati (32%), e da governista, Agnès Buzyn (16%).

Hidalgo, de 61 anos, ficará mais seis anos à frente da prefeitura de Paris, cidade de mais de dois milhões de habitantes, epicentro do poder na França e uma das cidades mais visitadas do mundo.

Seu programa, centrado na ecologia, visa a continuar reduzindo o espaço dos carros na capital francesa, onde os engarrafamentos são a regra, e incentivar os deslocamentos de bicicleta ou a pé.

"Elegeram uma Paris que respira, uma Paris mais agradável para se viver, uma cidade mais solidária que não deixa ninguém à margem (...) Esta vitória faz sentido porque é coletiva", disse Hidalgo, após sua vitória.

Esta orientação política lhe permitiu obter o apoio dos ecologistas entre os dois turnos das eleições municipais. No entanto, muitos parisienses se queixam de uma piora da insalubridade nas ruas de Paris e da proliferação de ratos durante seu mandato.

G1