André Vinícius

07.11.2011

CARREIRA & NEGÓCIOS - EDIÇÃO 56

Atendimento: Sr. cliente: estamos fechando – Parece brincadeira mas esta é uma situação comum. O cliente chega na loja e é recebido com a seguinte frase: “O senhor vai me desculpar, mas estamos fechando”, ou então “Desculpe mas eu tenho um compromisso”. Fique tranqüilo: O cliente você já perdeu. Agora, corra para não perder o seu compromisso!


Marketing: Está “bombando”, então é bom! – Imagine uma loja cheia de gente e a outra vazia. Ambas vendem o mesmo produto. Em qual delas você entra? A grande maioria optará pela loja cheia, sabe por quê? Porque se está “bombando”, o produto é bom. A dica de marketing hoje é: Crie ações para movimentar sua loja.

 

Vendas: Agentes envolvidos na venda – Toda venda possui cinco agentes: Iniciador (Quem manifesta o desejo e inicia a idéia de adquirir o produto). Usuário (Quem vai utilizar o produto). Comprador (Quem paga pelo produto). Decisor (Quem decide pela compra do produto). Influenciador (Quem pode influenciar os demais agentes).

 

Liderança: Justifique suas decisões – O líder que deseja obter o respeito da equipe, deve justificar suas decisões perante os liderados. Fazer isso é bem simples. Exemplo: “Resolvi que deveríamos focar mais neste projeto, porque o prazo está se esgotando e este cliente traz um retorno considerável para a empresa”. As pessoas precisam entender as decisões do líder.

 

Empreendedorismo: Versão beta – Uma das características da Web 2.0 é que os serviços e produtos estão sempre na versão beta, ou seja, em constante mudança e aperfeiçoamento. Assim também deve ser o empreendedor: O negócio sempre estará em constante mudança para se adaptar aos clientes.

Recursos Humanos: Mentir não resolve – Certo dia, um amigo meu saiu da empresa onde trabalhava e disseram para os colaboradores: “Ele saiu porque não se encaixava no perfil da empresa”. O mais engraçado é que ele foi trabalhar no concorrente, ganhando o dobro do antigo salário. Não foi a empresa que o dispensou, mas ele demitiu a empresa. O pior de tudo é que as pessoas descobriram a verdade e não confiam mais no RH. 


Carreira: DNA do profissional – Chamamos de DNA profissional o Desejo Não Aparente que o leva a seguir adiante. O DNA é o motivo que pelo qual você se aperfeiçoa, busca conhecimentos e almeja o sucesso. Exemplo: O profissional diz: “Quero progredir porque preciso de dinheiro”. Isso é o motivo aparente. O DNA (Desejo não aparente) é: Com o dinheiro posso proporcionar uma educação de qualidade aos meus filhos.


Mais conteúdo
: Quer saber mais? Artigos sobre técnicas, estratégias, gestão de vendas, dicas de vendas, atendimento e relacionamento com o cliente, marketing digital e muito mais você encontra em www.andrevinicius.com

 

André Vinicíus é professor universitário, consultor e palestrante de vendas com expertise em marketing digital e desenvolvimento pessoal. Possui MBA em Gestão de Pessoas e certificação de qualidade em vendas VendaMais. É autor de dois livros na área de negócios. Colunista das principais mídias impressas e eletrônicas do país na área de negócios. Acesse www.andrevinicius.com. Siga-o no Twitter: @professorandre. E-mail: andre@andrevinicius.com

 

 

André Vinícius