Tuiuiu

16.11.2012

AMOR I LOVE YOU

Chuva Dourada

Sobrevoando Entre Rios, na rodovia, próximo a uma curva, já na saída daquele município, noite dessas Tuiuiú viu um reflexo meio estranho, perto de um ônibus de faculdade que havia parado no acostamento. Olhando com mais atenção, pode ver que o tal reflexo vinha de um bumbum muito, muito branco e que sua dona aparentava estar “se aliviando”, tendo alguns rapazes fazendo a segurança do “evento”, contando também com a torcida dos colegas do coletivo, que gritavam: vai santinha, vai santinha, enquanto ela gritava: eu não consigo mijar... Eu não consigo...

Oh “Mizin Fia”...

Essa é pra acaba com o cheque dos hortifrúti. Contaram para o Tuiuiú que uma ex empresária da city, que a alguns anos foi abandonada pelo excelentíssimo, hoje frequenta “terreiros” de macumba e afins, pedindo a volta do maridão, o que ao que tudo indica, não vai acontecer, mesmo que chova canivete. É, o jeito é sossegar a periquita com o gigolô mesmo, custe o que custar...

Dama?

Essa Tuiuiú descobriu observando o eixo Santa Helena / Cascavel. Uma certa “dama da sociedade”, acostumada a participar de grandes orgias lá pros lados de Cascavel, hoje pousa de “boa esposa”, ou pelo menos tenta, tenta também esquecer de onde saiu, usando apenas roupas de grife, dando uma de “chique”, mesmo tendo que fazer a maior “bumba” em casa, para obrigar o pobre do marido a pagar suas contas exageradas e viver num mundo de “faz de conta”.

Dama ou Fera?

A mesma dama bate no marido até sangrar, arranhando pescoço e rosto, sempre que é contrariada, fazendo o “boizinho” virar chacota perante os amigos e na empresa em que trabalha...

Amor I love you

Ah, essa foi a campeã: amor, eu amo você, fui até a casa dele, mas apenas tomamos umas cervejas e demos uns amassos, não aconteceu mais nada...

Tuiuiu